SAÚDE | Novos sintomas mostram que covid-19 atinge todo o corpo, confira

Existem cada vez mais sintomas relacionados à covid-19 por se tratar de uma doença sistêmica, ou seja, que pode se espalhar pelo corpo todo, de acordo com médicos.

Os sinais mais frequentes e geralmente iniciais ainda são os respiratórios, como tosse e falta de ar, além de febre. Mas já existem registros, por exemplo, de inflamações na pele (as chamadas dermatites), conjuntivite, perda de massa muscular e diarreia, por exemplo.

No caso da covid, o vírus se espalha pelo organismo e vai se alojando em células do corpo, provocando inflamações que podem levar à morte, explica o médico epidemiologista Guilherme Werneck, vice-presidente da Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco).

“Não é uma infecção restrita ao pulmão. Começa a aparecer várias outras complicações em vários outros sistemas do corpo – no coração, na pele, no fígado, no rim”, esclarece.

O especialista afirma que, além dos sintomas já conhecidos, é preciso atenção a outros sinais, principalmente em pessoas com outras doenças ou mais idade.

Conforme o médico Farid Buitrago, uma das grandes complicações pode ser a embolia, que é a obstrução da passagem de sangue nas veias. Isso pode levar o doente, por exemplo, a um infarto.

“A trombose geralmente forma uma área de dor, costuma doer. É difícil identificar, porque a trombose mais comum é a pulmonar. Mas quando acontece nas pernas, por exemplo, a perna começa a doer muito”, explica.

Farid afirma que, quando há sinais de embolia, é preciso procurar ajuda médica imediata. O outro sintoma que acende o sinal de alerta para sérios riscos é a falta de ar. “Quando a pessoa começa a ter falta de ar, dificuldade respiratória, é sinal que a doença está se agravando”, diz o médico.

Oficialmente, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) — agência dos Estados Unidos para proteção da saúde pública e segurança da população — considera 12 sintomas com relação confirmada com o coronavírus.

São eles: febre, calafrios, tosse, dificuldade de respirar, cansaço, dores musculares, dor de cabeça, dor de garganta e perda de olfato e paladar, congestão nasal, náusea e diarreia.

Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) catalogou dez sintomas: febre, tosse seca, cansaço, dores no corpo, dor de garganta, diarreia, conjuntivite, dor de cabeça, perda de paladar ou olfato e erupção cutânea na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés.

O órgão mundial de a saúde recomenda que, para sintomas menores, como tosse ou febre leves, a pessoa fique em casa, em autoisolamento e monitore os sinais. Em caso de dificuldade de respirar ou dor/pressão no peito, a recomendação é para que procure atendimento médico imediato.

Por Brasilfato / Foto reprodução

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s