SAÚDE | Uso de luvas para aplicação da vacina contra Covid-19 não é obrigatório, segundo MS

Com o início da vacinação contra a Covid-19 no Ceará, na noite desta segunda-feira (18), a imagem dos aplicadores manejando a seringa sem luvas levantou uma discussão sobre a necessidade de se usar ou não o acessório ao imunizar os pacientes. O fato é que a utilização do paramento não é obrigatória.

Uma nota técnica do Ministério da Defesa esclarece que não é necessário o uso de luvas por parte do vacinador. O documento foi publicado ainda em março de 2020, na expectativa para a chegada da vacina. O documento (nota técnica Nº 004) trata justamente de recomendações relacionadas às medidas de prevenção e controle do novo coronavírus durante a campanha de vacinação.

Esta recomendação, por sua vez, tem como base o Manual de Normas e Procedimentos para Vacinação 2014, do Ministério da Saúde (MS). O texto aponta que a aplicação “não requer paramentação especial para a sua execução”.

Luva é obrigatória para aplicador com lesões

Segundo o documento da pasta de saúde, a exceção só deve ocorrer caso o vacinador tenha lesões abertas com “soluções de continuidade nas mãos”, ou seja, se de algum modo a higiene for interferida. “Excepcionalmente nesta situação, orienta-se a utilização de luvas, a fim de se evitar contaminação tanto do imunobiológico quanto do usuário”, acrescenta o documento.

Por Diarionordeste.com.br / Foto reprodução wordpress

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s