SAÚDE | cidades da Região Norte entram em colapso com 100% das UTIs para tratar Covid-19 ocupadas

Na noite desta segunda-feira (8), pelo menos 11 hospitais do Interior tinham os leitos do tipo ocupados. A situação mais grave estava na macrorregião de Sobral, que compreende 55 municípios. Todas as UTIs disponíveis na região, adultas, infantis, neonatais e gestantes, estão ocupadas, informa a plataforma IntegraSUS, da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa). 

Todos os seis hospitais com leitos de UTI na macrorregião de Sobral apresentam 100% de ocupação. São eles: Hospital São Lucas (20 leitos), em Crateús; Hospital Maternidade Madalena Nunes (10), em Tianguá; Hospital Regional Norte (75), Hospital de Campanha Dr. Francisco Alves (21), Santa Casa da Misericórdia, em Sobral; e Hospital Municipal Dr. Pedro de Castro Marinho (3), em Irauçuba.  

Em todas as macrorregiões de saúde do interior Estado, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, dedicados ao tratamento de pacientes com Covid-19, está acima de 90%, segundo o IntegraSUS. O esgotamento de leitos também foi registrado na Região Metropolitana de Fortaleza

Litoral Leste e Jaguaribe sem UTIs disponíveis

O quadro também é preocupante na macrorregião do Litoral Leste/Jaguaribe, onde todas as 10 vagas de UTI disponíveis no Hospital São Raimundo, em Limoeiro do Norte, estão preenchidas. Estas são as únicas unidades de terapia intensiva adultas disponíveis na área. Entretanto, considerando a ocupação geração, a taxa cai para 62,5%, pois, todas as seis vagas no Hospital e Maternidade Santa Luisa de Marillac, em Aracati, com vagas para neonatal e gestante, estavam livres.  

Já no Sertão Central, a ocupação de UTIs adultas chega a 92,73%. Considerando o total de unidade, a porcentagem é a mesma.No Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), em Quixeramobim, 47 dos seus 50 leitos estão com pacientes em estado grave pela Covid-19.

Mais internados que leitos no Cariri

Na macrorregião do Cariri, outras três unidades estão lotadas: o Instituto Madre Tereza de Apoio à Vida (10 leitos), em Brejo Santo; o Hospital Maternidade São Vicente de Paulo (10), em Barbalha; e o Hospital Maternidade São Francisco de Assis (10), em Crato. A taxa de ocupação de UTIs adultas é 92,24%. Considerando o total de leitos intensivos, são 84,38% estão com pacientes.

Mesmo sem atingir sua capacidade máxima, o Hospital Regional do Cariri (HRC) preocupa, pois, 33 dos seus 35 leitos de UTI estão preenchidos. A situação é mais complicada nas enfermarias da unidade de saúde. Lá há 20 vagas, mas há 24 internados nesta noite.

Por Diariodonordeste.com.br / Foto wordpress

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s